5 motivos para começar a utilizar ônibus

Quando o assunto é transporte coletivo, as pesquisas indicam que os ônibus deixaram de ser a preferência dos brasileiros ao longo dos últimos tempos. Segundo informações divulgadas no Origem Destino, o uso do modal no deslocamento urbano diminuiu em 5% nos anos de 2007 a 2017. Em contrapartida, as viagens de trem aumentaram 55%. Por sua vez, o metrô ficou responsável por 53% da circulação. Neste contexto, ainda existem os aplicativos sendo que a cada quatro táxis três são Uber, 99 e afins. Ao todo, houve um salto de 424% na utilização destes meios.

Na prática, o estudo que costuma ser realizado pelo sistema metroviário no período de uma década, representa a confiança de horário que os passageiros depositam tanto no trem como no metrô. Já o intenso estabelecimento dos aplicativos no segmento de transporte coletivo é explicado pela disponibilização do controle do deslocamento nas mãos do usuário. Ou seja, a tecnologia permite definir o trajeto, tempo de percurso e custo de viagem a um clique. Por fim, a possibilidade de escolher o ponto de partida e chegada os tornam mais seguros.

Diante deste cenário, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo fez o seguinte convite aos participantes da semana da mobilidade que aconteceu em setembro na capital paulista: você já redescobriu a cidade por meio do ônibus? A verdade é que o modal também apresenta vantagens significativas para a sociedade, mas que muitas vezes passam despercebidas na correria do dia a dia. Pensando em lembrá-las, a Transdata listou os cinco principais motivos para começar a utilizar este meio de deslocamento. Confira abaixo:

  1. Economia - É inegável o benefício econômico que o ônibus tem. Enquanto uma passagem custa em média R$ 4,00, o carro é repleto de gastos. Além do alto valor de aquisição, o dono do automóvel individual precisa se preocupar com combustível, manutenção, imprevistos, estacionamento, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Seguro de Dados Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) e seguro (opcional, porém necessário).

  2. Tempo - O ônibus  não exige a atenção total do passageiro. Logo, o tempo pode ser aproveitado por meio de maneiras agradáveis como ler, colocar a série em dia, mexer no celular ou apenas descansar.

  3. Trânsito - As pessoas gastam cerca de duas horas por dia no trânsito. Mas, o ônibus otimiza até 20% deste período por conta do corredor exclusivo.

  4. Sustentabilidade - O ônibus também funciona com o combustível fóssil advindo do carbono que aumenta a emissão de gases poluentes na atmosfera e provoca o efeito estufa resultando no aquecimento global. Contudo, o impacto no meio ambiente é menor. Para transportar 48 pessoas são necessários 48 bicicletas, 40 carros e somente um automóvel coletivo.

  5. Novo olhar - A praticidade do ônibus auxilia no desenvolvimento de um novo olhar interno e externo. É possível identificar locais da cidade que haviam passado despercebidos, conhecer pessoas que se afinizam com a rotina, aumentar a qualidade de vida com a amenização do estresse ou ansiedade e se descobrir um cidadão mais consciente. Aproveite!

Andriei Galdinimodal, pesquisas, ônibus